English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

terça-feira, 3 de maio de 2011

39- AVULSO BIOGRAFIA - JOSÉ AMÉRICO SILVA FONTES

 
JOSÉ AMÉRICO SILVA FONTES

*

Nasceu em Aracaju, Sergipe, em 19 de junho de 1936.
Em sua adolescência, a perda de um irmão  fez com que abandonasse os planos de ser advogado, decidindo estudar medicina e especializar-se em pediatria, para poder salvar outras crianças.
Concluídos os estudos iniciais, transferiu-se para Salvador, onde realizou o curso de medicina na Escola Baiana de  Medicina e Saúde Pública e, muito depois, o de Direito, também em Salvador.
Especializou-se em pediatria e neonatologia, exercendo suas atividades profissionais em hospitais e maternidades públicas e privadas, durante mais de 40 anos, e na Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.
É um cientista de formação humanista que vem prestando assistência aos recém-nascidos, principalmente aos mais pobres e desfavorecidos.
Médico, Escritor, Inventor, Bacharel em Direito, Coordenador de Prevenção da Federação Nacional das Associações das APAEs (1995 a 2005), preside o Instituto e a Fundação que José Américo Silva Fontes, ambas com sede em Salvador.
Autor de vários livros, tais como “Manual de Perinatologia”, “Perinatologia: Ciência e Arte”, “Assistência Materno-Infantil”,, “Perinatologia Social”, “Assistência Preventiva ao Recém Nascido—Para Parteiras e Agentes de Saúde”, “Lesão Cerebral – Causas e Prevenção”, “Obstetrícia para Pediatras e Pediatria para Obstetras”, “Sentimentos”.
Dentre os vários livros que escreveu, destaca-se “O Nascituro. Visão Interdisciplinar”. Nessa obra o A. oferece uma visão interdisciplinar do nascituro, embrião e feto, dirigida à preservação de sua vida e de sua integridade global. O conteúdo, rigorosamente sistematizado, de linguagem clara e precisa, está vazado em um estilo elegante e escorreito e ao alcance de médicos, enfermeiros, psicólogos, juristas, antropólogos e  sociólogos.

A Fundação José Américo Silva Fontes é dedicada à elaboração e desenvolvimento de programas de ensino e formação na área materno-infantil, prestando serviços aos menos favorecidos, por meio da assistência médica e jurídica preventiva, nas áreas materno-infantil e peri natal,  através da internet, jornais, revistas, CDS, DVDS, livros e outros meios de comunicação.
Da lavra do Instituto José Américo Silva Fontes, consta a fabricação de  mais de cinqüenta equipamentos médicos desenvolvidos para atendimento de recém-nascidos normais e anormais.
A tecnologia adotada pelo Instituto é extremamente simples, de baixo custo e de fácil manuseio e simples manutenção.
O referido Instituto presta consultoria aos Ministérios da Saúde, da  Educação, da Justiça e da Ação Social, ao INAM, IMIP, Secretarias de Saúde dos Estados da Bahia, Sergipe, Paraíba e Ceará e à Escola de Ciências Médicas de Pernambuco.

FONTES BIBLIOGRÁFICAS:
Instituto José Américo Silva Fontes – Disponível em http://bahia.entrei. .net/empresa/instituto-jose-americo-silva-fontes/2029309.html. Acesso  em 15 de setembro de 2009.
O Nasciturno. Visão Interdisciplinar – Disponível em  http://www.atheneu.com.br/detalhe_produto.php?prodid=T2629. Aces
so em 15 de setembro de 2009.
José Américo Silva Fontes. Disponível em http://www.estantevirtual.com.br/buscaporautor/Jose+Americo+Fontes. Acesso em 15 de setembro de 2009.



 PROJETO BENSABATH DE EDUCAÇÃO MÉDICA
 
PROGRAMA IJASF DE PREVENÇÃO E
ASSISTÊNCIA MATERNO - INFANTIL
(Este decálogo visa melhorar o atendimento ao binômio mãe-filho.)



José Américo Silva Fontes



DECÁLOGO DA PREVENÇÃO
1º. - HIERARQUIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA MATERNO-INFANTIL.
2º. - ASSISTÊNCIA PRÉ-CONCEPCIONAL.
3º. - ASSISTÊNCIA ANTI-CONCEPCIONAL.
4º. - ASSISTÊNCIA À GRAVIDEZ DE ALTO RISCO.
5º. - ASSISTÊNCIA NUTRICIONAL MATERNO-INFANTIL.
6º. - HUMANIZAÇÃO ASSISTENCIAL.
7º. - EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE PERMANENTE.
8º. - EDUCAÇÃO CONTINUADA PROFISSIONAL.
9º. - PROJETO CASAS DE PARTO. (anexadas ás Maternidades Públicas)
10º. - PROJETO DE ASSISTÊNCIA AMBULATORIAL A BEBÊS DE ALTO RISCO – ESTIMULAÇÃO PRECOCE.

VANTAGENS DO DECÁLOGO DA PREVENÇÃO
1º. – HIERARQUIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA MATERNO-INFANTIL.
Vantagens:
1. Melhor assistência prestada à gestante, parturiente, puérpera, à lactante, ao embrião, feto, nascituro, recém-nascido, lactente.
2. Ampliação efetiva do número de atendimentos prestados ao binômio mãe/filho.
3. Redução e racionalização dos custos assistenciais.
2º. – ASSISTÊNCIA PRÉ-CONCEPCIONAL
Vantagens:
1. Prevenção de mortes e danos futuros materno-infantis causados por doenças ou situações maternas ou paternas evitáveis.
2. Redução e racionalização dos custos assistenciais finais.
3º. – ASSISTÊNCIA ANTI-CONCEPCIONAL
Vantagens:
1. Prevenção de gestações indesejadas e de todos os riscos decorrentes.
2. Redução de custos operacionais assistenciais públicos: a curto, médio e longos prazos.
4º. – ASSISTÊNCIA À GRAVIDEZ DE ALTO RISCO: AMBULATORIAL E HOSPITALAR.
Vantagens:
1. Redução de morbi-mortalidade materno-infantil.
2. Redução de custos operacionais assistenciais públicos: a curto, médio e longo prazo.
5º. – ASSISTÊNCIA NUTRICIONAL MATERNO-INFANTIL
Vantagens:
1. Prevenção de desnutrições materno-infantis, nos períodos pré-concepcional, pré-natal, partal, neonatal e pós-neonatal.
2. Redução de custos operacionais assistenciais públicos, através da profilaxia de seqüelas neurológicas decorrentes.
6º. – HUMANIZAÇÃO ASSISTENCIAL.
Vantagens:
1. Prevenção de danos materno-infantis, decorrentes de iatrogenias, sobretudo incidentes durante o parto e período neonatal.
2. Redução de custos operacionais assistenciais públicos, através da profilaxia de seqüelas neurológicas decorrentes.
7º. – EDUCAÇÃO (PERMANENTE) PARA A SAÚDE.
Vantagens:
1. Instruir a população sobre causas evitáveis de doenças e situações de risco capazes de colocar em risco a vida e o futuro de pais e filhos, através de todos os veículos de comunicação disponíveis. Envolvimento, pois, da população no processo de prevenção e assistencial materno-infantil.
2. Redução de custos operacionais assistenciais públicos e privados.
8º. – EDUCAÇÃO CONTINUADA PROFISSIONAL.
Vantagens:
1. Aperfeiçoar a formação de todos os profissionais da área da saúde, através de Cursos de Atualização, utilizando-se recursos presenciais e à distância.
2. Redução de erros médicos diagnósticos, terapêuticos e prognósticos, com conseqüente diminuição de danos decorrentes e de custos assistenciais públicos e privados.
9º. – PROJETO CASAS DE PARTO (anexadas às maternidades públicas).
Vantagens:
1. Humanização assistencial no atendimento prestado às gestações e parto de baixo risco, reduzindo iatrogenias(agressões geradas pela Medicina ou pela equipe de saúde materno-infantis) e suas habituais e graves complicações.
2. Ampliação do número de vagas na Rede Pública de Assistência Obstétrica e melhoria no atendimento materno-infantil prestado à gestante, parturiente, feto e recém-nascidos.
3. Redução de custos operacionais assistenciais públicos.
10º - PROJETO DE ASSISTÊNCIA AMBULATORIAL A BEBÊS DE ALTO RISCO – ESTIMULAÇÃO PRECOCE.
Vantagens:
1. Redução substancial de seqüelas invalidantes, sobretudo neurológicas, decorrentes de doenças e situações de risco incidente durante a gravidez, parto e período neonatal.
2. Melhoria da qualidade de vida de bebês vitimados e redução conseqüente de custos operacionais públicos assistenciais a médios e longos prazos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário