English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sábado, 19 de fevereiro de 2011

295- RITA LOBATO VELHO LOPES (RITA LOBATO)

295- RITA LOBATO VELHO LOPES

(RITA LOBATO, A PRIMEIRA MÉDICA DO BRASIL)

===============================

NOSSA SAUDAÇÃO AOS MÉDICOS E

ESTUDANTES DE MEDICINA DE
 PORTUGAL
CIDADE DO PORTO, PORTUGAL
*
AOS BRASILEIROS QUE ESTÃO NA
DINAMARCA, NOSSO ABRAÇO
E A "SEREIA DE COPENHAGEN", QUEM OLVIDA?
E COPENHAGEN, CIDADE QUE TANTO ENCANTA?
============================================

RITA LOBATO VELHO LOPES
*
 RITA LOBATO VELHO LOPES
 
Há baianos do Amazonas, de Sergipe, de Portugal, da Alemanha, da Escócia, de toda parte.
Baianos foram Álvaro Rubim de Pinho, Jenner Augusto, José da Silva Lima, Otto Wucherer, Paterson, e muitos outros. Até Remédios Monteiro, que nasceu em alto mar, era baiano, baiano de Feira de Santana, onde, aliás,  foi Intendente.
*
Rita Lobato Velho Lopes nasceu em Rio Pardo, Rio Grande do Sul, em 7 de junho de 1866, sendo seus pais Francisco Lobato e d. Carolina, a qual, no seu leito de morte, pediu ao marido que satisfizesse o desejo da filha: ser médica.
Decreto imperial, datado de 1879, permitiu que as mulheres frequentassem cursos oferecidos pelas faculdades e obter, em igualdede de condições com os alunos do sexo masculino,  títulos acadêmicos. Os preconceitos, todavia, limiavam as pessoas do sexo feminino às atividades meramente domésticas.
Seu pai levou-a para o Rio de Janeiro e matriculou-a na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro.
Pno ano seguinte,ela se transferiu para a Faculdade de Medicina da Bahia, onde colou o grau de doutora em Medicina, em 11 de dezembro de 1887, após defender tese sobre os vários métodos preconizados para a operação cezariana.
Foram seus colegas de turma: Álvaro Freire Vilalva Alvim, Eduardo Lins Ferreira de Araújo, José Affonso de Carvalho e  Rita Lobato Velho Lopes. Álvaro Freire Vilalva foi o pioneiro da Radiologia e da Eletricidade Médica, na Bahia. Eduardo Lins Ferreira de Araújo foi catedrático de Clínica Médica e Governador da Bahia (1911-1912). José Affonso de Carvalho, catedrático de Clínica Médica
No início do curso, lutou contra muitas dificuldades, inclusive a hostilidade de seus colegas de turma e dos professores, os quais, pouco a pouco foram se entusiasmando com a persistência da aluna e colega.
Ao fim da jornada, quando recebeu o diploma, passou a história como a primeira mulher a formar-se em medicina no Brasil e a segunda, na América Latina.
Diplomada, regressou ao seu estado natal, onde se casou com seu  namorado de infância, Antônio Maria Amaro Freitas. Do casamento resultou uma única filha, chamada Isis.
Inicialmente, clinicou em Porto Alegre, onde exerceu a especialidade de obstetrícia.
Em 1910, transferiu-se para Rio Parto, onde foi obstetra de largo conceito, assim permanecendo, à frente de seu consultório, até 1925.
Em 1935, foi eleita vereadora e exerceu o mandato até 1937, quando foi implantado o “Estado Novo”, que fechou as câmaras municipais.
Passou o restante da vida na Estância de Capivari, em Rio Pardo, onde faleceu em 1953, com 87 anos de idade.

*
FONTES BIBLIOGRÁFICAS:
1.       Silva, Alberto – A primeira médica do Brasil. Rio de Janeiro, 1954.
2.       Tavares-Neto, José – Formados de 1812 a 2008 pela Faculdade de Medi cina da Bahia. Feira de Santana, 2008.
3.       Wikipédia   Rita  Lobato. Disponível  em htttp://pt .wikipedia. org /wi ki/Rita_Lobato. Acesso em 8 de dezembro de 2009.

=====================================================================

                                                                              APÊNDICE
                                  AS PIONEIRAS
“A primeira mulher brasileira formada em medicina foi a Dra. Maria A. Generoso Estrela (1860-1948). Muito jovem, ganhou uma bolsa do Imperador D. Pedro II e foi estudar em Nova York. Maria Augusta nasceu em 10 de agosto de 1860, ingressou na Academia de Medicina em 1876, com 16 anos e terminou em 1879. Só pôde receber o diploma de médica em 26 de março de 1861, quando completou a maioridade.
Maria Augusta voltou ao Brasil em 1882, revalidou seu diploma e exerceu a atividade médica até sua morte em 1948.
Foi a primeira brasileira e a primeira sul-americana a formar-se em Medicina.
A segunda foi a Dra. Eloisa Dias Inzunza do Chile (1866)
A terceira foi a Dra. Rita Lobato Velho Lopes. Ela era natural do Rio Grande do Sul e formou-se pela Faculdade de Medicina da Bahia em 1887.
A primeira médica argentina foi a Dra. Cecília Guierson, nascida em Buenos Aires em 1859 e formada pela Universidade de Buenos Aires em 1889.
A primeira médica uruguaia foi a Doutora Paulina Levisé, formada pela Faculdade de Medicina e Cirurgia de Montevidéu.
A primeira médica americana, na verdade era uma inglesa, a Dr. Elisabeth Blakwell nascida em Bristol, em 1821 e que foi para os Estados Unidos onde se formou em Nova York. Em 1857, na Filadélfia, ela fundou a primeira Escola de Medicina para Mulheres.
Segundo o Dr. Vanberto Moraes, psiquatra pernambucano e autor do livro “Emancipação da Mulher”, a primeira inglesa a graduar-se em Medicina foi Elizabeth Garret Anderson, em 1880, pela Universidade de Londres.
Na Itália, a primeira foi a Dra. Maria Montessori, formada em 1896.
Na Espanha foi Marina Castelo y Ballestre, formada em 1882.
A primeira mulher formada por Faculdade oficial teria sido a Dra. Cristina Erxleben, em 1754,  na Faculdade de Medicina de Halle.
Na realidade a primeira médica brasileira a formar-se no Brasil foi de fato a Da. Rita Lobato Velho Lopes. Um ano depois, formou-se a Dra. Ermelinda Lajes de Vasconcelos, também nascida no Rio Grande do Sul (Porto Alegre) e formada pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1888.
A terceira a formar-se no Brasil foi a Dra. Antonieta Cesar Dias, formada em 1889.
*
Em 1887 se titularam as primeiras médicas latino-americans: Eloisa Diaz, no Chile, Rita Lobato Velho Lopes no Brasil e Matilde Montoya no México.
Resumindo, as primeiras médicas  americanas são:V
Cecília Gierson ................................................................... Argentina
Amélia Chopitea Villa ......................................................... Bolívia
Rita Lobato Lopes ............................................................... Brasil
Emily Jdnnings Stove .......................................................... Canadá
Laura Martinez de Carvajales .............................................. Cuba
Eloisa Diaz Insunza .............................................................. Chile
Elizabeth Blackwel ............................................................... Estados Unidos
Matilde Montoya ................................................................. México
Laura Esther Rodriguez ...................................................... . Peru
Paulina Luisi .........................................................................Uuguai
Lydia sogandares ..................................................................Panamá




Baiano, dizia Jorge Amado, eram os que nasciam em todos os estados e em todos os países, contanto que passassem algum tempo na Bahia.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário