English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sábado, 5 de fevereiro de 2011

179- JOSÉ GONÇALVES DA SILVA

179- JOSÉ GONÇALVES DA SILVA
 
 JOSÉ GONÇALVES DA SILVA

*

Nasceu em 21 de janeiro de 1828, em Santo Amaro de Itaparica, ilha de Itaparica, Bahia.
Tendo concluídos os estudos preparatórios, ingressou na Faculdade de Medicina da Bahia, pela qual recebeu o grau de doutor em Medicina, em 1859.
Em 1860, ingressou na Faculdade de Direito de São Paulo, abandonando-a algum tempo depois.
Ensinou na Faculdade de Medicina da Bahia, no Liceu Provincial da Bahia e fundou o Insituto Oficial de Ensino Secundário.
Pertenceu à Academia de Medicina Legal da França e à Sociedade de Antropologia de Lima (Peru).
Ingressou na vida política, abraçou a causa republicana e  foi eleito vice-presidente do Clube Republicano da Bahia, em 1889.
Teve significativa participação na vida política da Bahia, participação que veio a crescer quando aderiu ao movimento republicano, sendo o seu nome cogitado para a direção nacional do movimento.
No Império, foi Deputado Provincial e Deputado Geral (hoje, Deputado Federal).
Na República ocupou o cargo de senador estadual, concomitantemente  com o de Governador do Estado.
Em 18 de novembro de 1889 tomou posse como  primeiro governador republicano, cargo que exerceu durante cinco dias.  Nesta condição presidiu a instalação da Faculdade de Direito da Bahia (hoje integrante da Universidade Federal, UFBa).
Em 15 de setembro de 1890, voltou a ocupar o governo de estado.
Presidiu o Partido Republicano Federalista, promulgou a constituição provisório do Estado e promoveu a reforma do ensino médico-legal na Bahia.
Cezar Zama, famoso tribuno baiano, em comício realizado na  Praça da Piedade, em Salvador, promoveu um levante. O povo sublevou-se, cercou o governador em sua residência. Tiros foram disparados  vitimando algunas pessoas.
José Gonçalves recusou-se a ceder mas, instado pelo General Tude Soares Neiva, comandante do Distrito Militar, resolveu entregar o cargo, a fim de evitar mais derramamento de sangue.
Foi deposto, desta forma, em 24 de novembro de 1891, o primeiro governador constitucional da Bahia
Ao deixar o governo do estado, retirou-se para a capital federal, onde assumiu o cargo de Senador, na Assembléia Nacional Constituinte.
Entrando em divergência com Severino Vieira e José Marcelino de Souza, retirou-se da vida pública, vinde a falecer, aos 75 anos de idade, em 21 de novembro de 1913.
FONTE BIBLIOGRÁFICA:
   José Gonçalves da Silva- Disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C
        %A9_Gon%C3%A7alves_da_Silva. Acesso em 12 de outubro de 2009.
                                                                                          
LÁPIDE DE JOSÉ GONÇALVES DA SILVA

CEMITÉRIO DO CAMPO SANTO - SALVADOR, Ba

Nenhum comentário:

Postar um comentário