English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

216- JOSÉ CARNEIRO DE CAMPOS (CARNEIRO DE CAMPOS)

216- JOSÉ CARNEIRO DE CAMPOS
(CARNEIRO DE CAMPOS)
OS CARNEIRO DE CAMPOS

 *
Nasceu em Salvador, Bahia. O ano de nascimento não está bem esclarecido: segundo Sá Oliveira, é 1854; de acordo com Anselmo P. de Albuquerque, citado pelo mesmo Sá  Oliveira, é 1855 (2).
Colou grau o grau de doutor em Medicina, em 1878, pela Faculdade de Medicina da Bahia.
Em 1882, foi Preparador interino de Anatomia e Fisiologia Patológicas.
Em 1883, fez concurso para professor da mesma cadeira, tendo como concorrente o Dr. Antônio Pacheco Mendes. Ambos foram aprovados  mas nenhum  foi nomeado, face as exigências legais.
Em 1888, depois de novo concurso, foi designado Preparador efetivo.
Em 5 de março de 1891, tomou posse como Lente substituto da 3ª Seção.
Estando vaga a cadeira de Anatomia Descritiva, em virtude do falecimento do Dr. Alexandre Afonso de Carvalho, o Dr. José Carneiro de Campos, foi nela provido por Decreto de 3 de julho de 1895. Assim permaneceu até 1919, ano do seu falecimento (1).
Realizou viagem de estudo à Europa, quando fez cursos de especialização com renomados professores, freqüentando  vários Serviços.
É autor da Memória Histórica da Faculdade de Medicina, referente ao ano de  1905.
Anselmo P. Albuquerque, em seu Arquivo da Faculdade de Medicina, afirma que o Prof. José Carneiro de Campos “descendia de ilustres estadistas e titulares, entre os quais se destacam: o Dr. José Joaquim Carneiro de Campos, Marquês de Caravelas, que, estando no Reino, acompanhou a família real portuguesa ao Brasil e foi um dos dez redatores da nossa Carta Constituinte, Senador e três vezes Ministro, e, em seguida à abdicação de D. Pedro 1º , foi eleito para fazer parte da Regência; o Dr. Francisco Carneiro de Campos, Senador e Deputado à Assembléia Constituinte de 1823; e o Coronel Frederico Carneiro de Campos, vítima do tirano do Paraguai, Francisco Solano Lopez, em novembro de 1864, quando seguia, no paquete brasileiro Marquez de Olinda, com destino a Mato Grosso, onde ia assumir as funções de seu Presidente “ (Ibidem).
Afirma Sá Oliveira que “O Dr. Carneiro de Campos foi um cidadão nobre, tendo revelado, durante toda sua vida, um caráter superior, vasta cultura, boníssimo coração”. (Obra citada).

FONTES BIBLIOGRÁFICAS:
1.       Carvalho Filho, José Eduardo Freire de – Notícia Histórica Sobre a Faculdade de Medicina da Bahia. Bahia, 1909.
2.       Sá Oliveira, Eduardo de- Memória Histórica da Faculdade de Medicina da Bahia, Concernente ao ano de 1942. Bahia, 1992.

Um comentário:

  1. Quem desejar conhecer as atividades do Dr. José Carneiro de Campos no mundo espiritual, portanto, continua a auxiliar os brasileiros, veja na obra: Trilhas da Libertação. Editora FEB. Clovis Loureiro- Belém Pará.

    ResponderExcluir